terça-feira, fevereiro 26, 2013

Simplesmente, aconteceu.



(...)
Ele: E também é sempre bom ver uma série dessas na companhia perfeita (:
Eu: Ai é? Isso quer dizer que vais vê-la com quem?!
Ele: Com a minha pequenina :). Isto se ela não tiver com ideias de me deixar <3.
Eu: Não, não tenho intenções nenhuma de fazer isso. (:

Ele: Então que intenções tens para o nosso futuro?
Eu: Eu? Ficar contigo. Agarrada a ti, e não deixar que vás embora.
Ele: Namoro, portanto?

Eu: Só não te quero sufocar.
Ele: Como assim?
Eu: Se um dia acordares e estiveres cansado de mim, significa que eu fiz algo de errado.
Ele: Eu não me canso de ti, e estou cada vez mais maluco por ti. Foi por isso que perguntei. Também quero saber no que me estou a meter.


Ele foi agora para o treino.
Quando eu voltar a lembrar-me de como se respira, pode ser que descubra o que fazer a seguir.

segunda-feira, fevereiro 25, 2013

Só porque eu também tenho saudades:


Filho meu vai aprender a tocar piano.

Mesmo que queira desistir, mais tarde; ou mesmo que se canse das aulas.
Mas vai mesmo aprender a tocar piano. 

sábado, fevereiro 23, 2013

Excepto umas boas horas de sono, é claro!


Não é que me torne má, mas a verdade é que fico muito mais sarcástica do que já sou quando estou cansada.

Já quando estou muito, mas mesmo muito cansada, acho piada às mais pequenas e insignificantes coisas. 
E não há nada que me consiga fazer parar de rir.
Excepto umas boas horas de sono, é claro.

Cheira bem cá em casa.



Brownies no forno, chávena de chá verde na mão e livros abertos.
Parece que a dona cá de casa me quis surpreender de uma forma calórica.
E parece que, apesar de laboriosa, a tarde vai ser bastante doce (:

sexta-feira, fevereiro 22, 2013

Finalmente!



Finalmente, consegui arranjar tempo para vir aqui. O teste não correu bem, mas, enfim, ainda tenho uma réstia de esperança para que não tenha sido um fiasco total.

Quanto aos últimos posts, sobre o meu delírio de um dia, sim, é verdade, fiz uma tatuagem. A verdade é que andava - à meses e meses - a debater-me comigo própria sobre se a devia, ou não, fazer. Num pequeno momento de loucura decide-me, enfim, e fui de imediato marcar um dia para o grande momento. E o dia foi ontem!


Já tinha referido, aqui neste blog, que queria algo relacionado com o ballet. Todavia, depois de matutar intensamente no assunto, optei por fazer - como podem ver na imagem (apesar de ainda estar bastante vermelha e com tinta) - uma rosa-dos-ventos. E porquê? 
Pela razão mais simples que podem imaginar. A sua função é guiar-nos quando estamos perdidos; mostrar-nos o Norte e o próximo passo, e, tendo em conta todo o meu historial nos últimos anos, esta rosa-dos-ventos passou a ter um significado importantíssimo para mim.
O lugar escolhido foi ligeiramente abaixo da omoplata direita, por não ser nem demasiado exposto, nem demasiado recôndito.

Se doeu? Sinceramente, nem consigo explicar. Sim, sentimos as várias picadas, principalmente no início, mas, pelo menos no meu caso, após algum tempo, já estava habituada à sensação. Uma dor suportável, se lhe quiserem chamar (:

Agora sejam sinceros! O que acharam?



quarta-feira, fevereiro 20, 2013

Agora tem cuidado, béu! (E outros assuntos)

Meninas e meninos, tomando seguimento da história do ser que me anda a pôr tola, tenho-vos a anunciar:


o obstáculo do beijo foi ultrapassado.
E agora?!




Hoje vou passar a tarde toda no Porto - e vamos aproveitar para ir ao teatro. Até sexta, serão poucos (raros, até) os posts e os comentários por aqui, visto que tenho mesmo de estudar limites, derivadas, trigonometria, e por aí além.

Quando ao último post, prometo que amanhã irei revelar a pequena loucura que quero cometer e explicar o porquê. Mas bem, não é assim tão difícil de perceber, não é? (:



terça-feira, fevereiro 19, 2013

"To get something you never had, you must be willing to do something you've never done.»



Será nesta quinta, dia 21 de Fevereiro, que algo irá acontecer e marcar este dia como um dos mais importantes até hoje. 
Será nesta quinta, que eu vou cometer uma pequena loucura.

Conseguem adivinhar o que será?!

sábado, fevereiro 16, 2013

«Honey, you can't be a shark if you're toothless»


Estou à espera de uma mensagem dele há uma eternidade.
Pois é, fria como sou e orgulhosa como sempre, disse algo que, na altura pareceu-me o mais acertado, mas que só fez com que ele se distanciasse mais de mim, e agora estou arrependida. Way to go, béu.
Agora? Agora, desbloqueio o telemóvel de cinco em cinco minutos - para ver que sim, tenho uma mensagem, mas da vodafone, porque esta nunca se esquece de mim.

Mas se existe algo que eu tenha aprendido nestes últimos anos foi isto:
We don't need to rush. If something is bound to happen, it will happen; in the right time, with the right person and for the best reason.


E, por essa mesma razão, vou passar o fim-de-semana rodeada de exercícios de Matemática. É de sorte que vou precisar. E de muita paciência.

sexta-feira, fevereiro 15, 2013

Flashbacks





Estávamos sentadas à lareira.
M.: Às vezes, penso no que quero fazer, olho à minha volta e vejo que toda a gente tem planos e eu não, e acabo por ficar em baixo... Preferia mil vezes pegar em tudo, trabalhar como empregada de mesa, em Nova Iorque ou em Londres, e ser feliz. És feliz, béu?


Não sabia o que responder a esta questão, sinceramente. Comecei a pensar no meu ano transacto, e todos os momentos - bons e maus - que passei nestes dois últimos anos vieram à minha cabeça com uma velocidade estonteante.
A verdade é que, há um ano atrás, teria sido bem capaz de tirar a vida a mim própria se os meus pais não tivessem estado atentos e me tivessem pagado consultas numa hipnoterapeuta/psicóloga.
No entanto, aprendi a pensar de outro modo, e apesar de não ter uma vida perfeita, todos os dias sorrio. Tenho as melhores pessoas do mundo do meu lado e, agora, sei disso.


béu: Sim. Sou feliz.

O pior? O pior foi ouvir, da nossa melhor amiga, isto:

M.: Eu não. Eu não sou feliz.

quinta-feira, fevereiro 14, 2013

Valentine's Day? Really?




Acordei ligeiramente bem disposta e, admito, com um pouco de expectativas para este dia. Chego à escola e com tantas mãos dadas, beijos para aqui e beijos para acolá, a adicionar as músicas super-bonitas-e-super-românticas, tive uma vontade imensa de me desligar do mundo e entrar no meu lugar feliz, cheio de unicórnios, arco-íris, nuvens cor-de-rosa e chuva doce. 
De facto, a minha manhã não foi a melhor, daí que resolvi baixar as expectativas para o resto do dia e passar a tarde no ginásio a descarregar todas estas energias.


A melhor parte do dia? Essa será logo à noite, quando o meu querido irmão vier cá a casa com um bolo super saboroso feito por ele e pela namorada. 
E é só para esse momento que eu estou a viver - e a suportar - o dia de hoje.

Mas, vá lá, desejo a todos os apaixonados por aí que aproveitem muito bem este dia.  (:

terça-feira, fevereiro 12, 2013

E agora?!




Eu devia estar a estudar. Eu juro que devia estar a estudar. É que eu devia estar mesmo a estudar.
Mas, mesmo estando ausente, ele consegue desconcentrar-me; consegue ter a audácia de me pôr completamente distraída.

Mas é assim, eu devia estar a estudar.

sábado, fevereiro 09, 2013

Podia ser pior


Só eu é que não vou sair no Carnaval este ano?!


Este era o rascunho que eu tinha agendado para hoje.
Contudo, houve mudança de planos e, afinal, vou sair. Mas ficando em casa. Isto porque decidimos dar uma festa cá em casa com imensa gente.
No entanto, como estou sem espírito de Carnaval, não tenho intenções de comprar um disfarce; lembrei-me,  por outro lado, de ir mascarada de uma espécie de secretária, executiva, o que quiser que lhe queiram chamar. Além de poder andar com os meus óculos - sem precisar de pôr as lentes - saia preta, camisa branca, rabo de cavalo e lábios vermelhos, o que é que acrescentariam mais?

quinta-feira, fevereiro 07, 2013

Coisas que me conseguem pôr K.O.



- abraços.
- beijos nos ombros.
- beijos nas costas.
- qualquer toque na zona do pescoço.
- abraços inesperados pelas costas.
- abraços pela cintura. 

Semana das Revelações

É horrível nem sequer podermos pensar em abrir a página do blogger, porque, simplesmente, o dia não tem horas suficientes. Foi assim que andei esta semana, com um único teste, feito hoje, mas que me ocupou todas as horas livres a que tive direito. Pelo menos, a partir de hoje, já estou praticamente em modo férias de Carnaval!



Contudo, esta semana não foi apenas uma semana de estudo intensivo. Foi uma semana de revelações. E em catadupa. 

Por razões óbvias, destaco e avanço com a história do ser que me consegue pôr confusa dia sim dia sim. Vocês disseram que o tempo traria respostas e ansiaram pelo «aquecimento» da história, e não é que o tempo passou rápido de mais e esta pseudo-relação está mais do que quente? Sim, é mesmo isso. E com «quente» eu quero mesmo dizer quente - e tudo o que a palavra tem direito. Foram demasiados abraços, foram demasiadas mensagens, demasiadas provocações, demasiadas carícias, demasiadas massagens, basicamente demasiado tudo. Digo «demasiado», porque ele avança, mas eu continuo sem respostas e sem saber para que lado me virar!

É certo que eu podia dizer, abertamente, fuck this shit  e dar um passo em frente, no entanto - e chamem-me old fashion - eu não quero ser a segunda escolha dele, nem apenas «mais uma».
 Daí que não me importo de esperar.

segunda-feira, fevereiro 04, 2013

Easy there, sweetheart




Depois daquele post em que vos disse que ia começar esta semana a agir apenas comandada pelo meu querido cérebro, muitas de vocês disseram para eu tentar encontrar o equilíbrio. Na altura, não mudei de ideias, uma vez que já não é a primeira vez que tento tomar de decisões baseando-me no «equilíbrio» e me dou mal. 
Contudo, entre afirmar algo e proceder à acção vai uma grande distância. Pelo que hoje, bem que tentei, juro que sim, mas não consegui ser apenas racional - shame on me. Não por minha culpa, mas por culpa dele. Aparentemente, chegámos aquele ponto em que começa a haver muito contacto físico entre nós e ninguém me avisou de nada.
Bem, é oficial, ele conseguiu pôr-me ainda mais confusa!



Mas mudando de assunto, quem já teve oportunidade de ver o grande evento do Super Bowl? O que acharam da prestação da Beyoncé?!

domingo, fevereiro 03, 2013

A sério.





Se me dessem a escolher entre uma peça com um decote à frente e outra com um decote atrás, eu optaria imediatamente pela segunda. Adoro ver costas destapadas e pormenores nesse mesmo sítio.
E a verdade é que aqueles detalhes ali atrás ficavam mesmo muito bem cá em casa, no meu guarda-roupa.
A sério.

sábado, fevereiro 02, 2013

Heart Vs. Brain



Depois de uma semana a rascunhos agendados, está mais do que na altura de continuar a fazer deste sítio o meu diário. E digo-vos: esta semana foi reveladora. Lembram-se disto? Aquele único episódio, no ginásio, onde ele decidiu vir falar comigo pela primeira vez em tantos meses, e que me deixou desnorteada (novamente)?
Acontece que, nos dias seguintes, o dito cujo decidiu fazer réplicas desse episódio. O mais estranho é que deixaram de ser conversas bizarras, e passaram a ser mais do tipo get-to-know-you-more.
Desde o momento em que ponho um pé na bicicleta e lá vem ele ter comigo, passando pela situação constrangedora de ele vir correr para o meu lado (e vá lá, todos nós sabemos que eu não fico nada atraente a correr). 



Mesmo assim, creio que estou a confiar demasiado no meu lado emocional, e isso não pode ser. Não posso ser sempre eu a sair magoada, não é?
Daí que, na próxima semana, será apenas o meu cérebro a comandar as minhas acções. Confio mais nele.