quinta-feira, novembro 22, 2012

Meras palavras.


Não consigo dizer «Amo-te» a ninguém.
Nunca o disse e ainda estou à espera do dia em que alguém, de alguma forma, virá a mudar isso.
Há quem diga que é triste, uma vez que nunca disse aos meus pais, nem ao meu irmão, que os amava. Adoro-te? Sim. Gosto muito de ti? Ainda melhor! Mas amar, nunca. Simplesmente não consigo.
Houve uma altura que usei e abusei da expressão, mas em inglês; na minha língua materna não, nunca.

Não sei qual é o problema que tenho com este verbo, com esta palavra, mas, para mim, é extremamente difícil usá-la.

20 comentários:

miii disse...

Eu já a escrevi muitas vezes, mas dizer só disse a uma pessoa. E acho que sabes bem a quem foi... Afinal, ele também foi a única pessoa que mo disse! (:

Carolina disse...

Só a disse a uma pessoa até hoje, digo-o quase todos os dias mas só a uma pessoa. Acho estranho como é que uma palavra assim tão forte foi banalizada com tanta facilidade e tenho pena porque a maioria das pessoas já não a valoriza :x

Quinn disse...

Eu só o disse aos meus pais e irmãos. De resto, não abuso da palavra. Não acho que seja para banalizar...

Quinn disse...

Eu só o disse aos meus pais e irmãos. De resto, não abuso da palavra. Não acho que seja para banalizar...

A Pirata disse...

Também tenho dificuldade em dizê-lo :s

Jéssica Pires disse...

Obrigada querida :)

Amante Japonesa disse...

eu tambem nunca disse amo-te aos meus pais... nao consigo :S

Mariana Querido. disse...

«Amo-te» é uma palavra tão, mas tão forte a meu ver. Tem que ser àquela pessoa, à tal e acho muito bem que o faças só quando encontrares essa pessoa. :)

Evelyn Spark disse...

nao es a unica. eu em ingles, tambem a uso mais livremente e sem transtornos, mas amo-te nunca dirigi pra ninguem. nem aos meus pais nem nada.

NotFound disse...

A palavra "Amo-te" já a usei mais frequentemente, como a duas ou três amigas. Mas em relação a uma delas estou arrependida de usá-la visto que hoje em dia já não somos mais amigas. No entanto, continuo a 'amá-la' como dantes o que não deixa de dar sentido à palavra. Também a digo ao meu namorado algumas vezes. E aos meus pais/familiares não digo porque ... sei lá é assim. Não fui educada assim da parte deles :/

Lani disse...

Só disse aos meus pais, de resto nunca disse a mais ninguém, ainda não consegui *

Luísa Abreu disse...

Para mim é ao contrario. Não tenho problemas com o amo-te. Mas tenho com o "adoro-te". Para mim essa é que é a palavra mais forte de todas!

Anita Costa disse...

Eu digo ao meu namorado.. as vezes ele acha que abuso da palavra mas o que sinto é tão forte que, ao contrario, não consigo deixar de o dizer!

Camila. disse...

Nunca o disse a ninguém, pelo menos em português de Portugal, já disse "eu amo você", já o disse em francês e em inglês, mas em português não...

May disse...

a mim nao me faz confusão... já o disse várias vezes, digo ao meu namorado e à minha família!

Pipa disse...

Há uma pessoa a quem gostava de dizer, mas sei que nunca vou ter coragem

O Sexo e a Idade disse...

Em português parece que não soa tão bem; levei muito tempo até a dizer; tem um som áspero, abrutalhado...
mas quando o disse finalmenete percebi como é poderosa.
a seu tempo também o dirás :))

Andreia Sofia disse...

É uma palavra com uma conotação forte. Eu tenho dificuldade em dizer às pessoas que amo realmente, é estranho :/

Rachel ∞ disse...

eu também nunca disse. já escrevi, em inglês e em inglês também, mas dizer nunca disse e acho isso normal. nunca tive necessidade de o fazer e quando chegar o dia hei-de dizer com muito mais sinceridade dos aqueles que dizem todos os dias (:

Leonora disse...

Eu bem te entendo, nisto sou como tu. O '' adoro-te'' ou ''gosto muito de ti'' utilizo-as muitas mas o ''amo-te'' não.